Guia prático de como fazer lambe-lambes em sua cidade

Guia prático de como fazer lambe-lambes em sua cidade
Um lambe-lambe é um cartaz com conteúdo artístico e/ou crítico colado em espaços públicos. É uma forma de intervenção criativa na sua cidade, com o poder de despertar as pessoas para reflexões que em geral não estão presentes no nosso dia a dia.

O que diferencia o lambe-lambe de uma propaganda qualquer colada por aí  é seu conteúdo. Os lambe-lambes não tem conteúdo comercial.

Só mesmo botando a mão na massa pra saber o efeito de espalhar mensagens e imagens pelas ruas! Antes de sair colando lambe-lambes em tudo quanto é canto, dê uma olhada em algumas dicas.

Colar lambe-lambe não é crime

Todo cidadão tem o direito de se manifestar e protestar livremente. É um direito garantido pela Constituição Federal. E colar lambe-lambe é um jeito pacífico e poético de expressão.

Sobre a ação de colar mensagens em si, as pessoas podem vir a ser responsabilizadas por desobediência (art. 330 Código Penal), desacato (art. 331 Cód. Penal) ou resistência (art. 329 Cód. Penal), dependendo do trato com a polícia. Em alguns casos, as pessoas também podem ser responsabilizadas por dano (art. 163 Cód. Penal), dependendo de onde e como a mensagem for afixada.

Cada cidade tem sua própria lei para definir regras e penalidades relacionadas ao uso de comunicações impressas aplicadas no espaço urbano, conhecidas muitas vezes como Lei da Cidade Limpa. Em geral essas leis não abordam os casos de manifestações de ideias sem conteúdo comercial e se aplicam apenas a publicidade. No entanto, é sempre recomendável verificar a lei específica da sua cidade antes de sair colando seu lambe.

FullSizeRender 2

Onde vale colar?

Em espaços públicos, postes, pontes, lixeiras, paredes de locais abandonados e muito degradados em que colar um lambe pode trazer cor e graça para a quantidade de cinza em nossas cidades.

Nos espaços privados, como muros e portões, é necessário pedir autorização ao dono ou responsável. Dependendo da mensagem e do dono do muro, o ato de pedir pra colar seu lambe pode ser autorizado e ainda render uma bela conversa. Se a pessoa não topar, respeite. Todos tem o direito de dizer não.

Vale lembrar que o lambe é como um adesivo. E a sua cola é feita em geral com água, farinha de trigo ou polvilho, ou ainda com cola branca. Todos os ingredientes possíveis têm pouco potencial de gerar estragos severos e permanentes na superfície colada.

Onde NÃO vale colar?

Espaços que contenham sinalização de trânsito ou mesmo informações úteis ao cidadão. Vidros de carro, latarias de carro, vitrines, espaço privados sem autorização, como fachada de casa e lojas, bancos 24 horas, fachadas de prefeituras e orgãos públicos, como o patrimônio da União, Estado, Município, empresa concessionária de serviços públicos ou sociedade de economia mista e principalmente aquele muro branquinho, recém pintado.

A cidade é um espaço em disputa com ideias muitas vezes divergentes sobre a melhor forma de atuar no espaço público. O ato de colar um lambe-lambe deve propiciar uma conversa saudável sobre qual modelo de cidade queremos, e de jeito nenhum gerar mais animosidade nessa disputa de ideias.

Como preparar seu lambe-lambe?

2595642423-artista-frances-espalha-lambe-lambe-pelos-muros-cinzas-das-cidades-96

Papel

O tamanho ideal para lambe-lambe é o A3, que fica suficientemente visível e cabe mesmo em espaços reduzidos, como postes e lixeiras. Mas você pode considerar formatos maiores se tiver conseguido autorização para colar num muro grande, por exemplo.

O papel não pode ser feito em impressora jato de tinta, senão durante a aplicação da cola, sua mensagem vai ficar borrada. O melhor são impressoras a laser ou offset. Vale também ir numa gráfica perto da sua casa com o pdf na mão e explicar a finalidade da impressão. Às vezes sai bem mais barato.

Além disso, o papel não pode ser muito grosso, pra não ficar difícil de colar. O ideal é uma gramatura de 75g/m2 ou 90g/m2.

Cola

Há várias maneiras de preparar sua própria cola. As caseiras são feitas com polvilho doce ou farinha de trigo, água e vinagre. Veja uma receita de cola aqui.  No lugar de polvilho vale usar amido de milho (comercialmente conhecido como maizena), goma pra tapioca  ou até mesmo farinha de trigo, só precisando acertar a  dose.

Outra maneira é preparar com cola branca. Para cada 2 partes de água, use uma de cola branca escolar líquida. Cada litro de cola branca rende 3 litros de cola pra lambe. Essa quantidade é suficiente para colar cerca de 200 cartazes no formato A3.

Como aplicar?

Adquira uma brocha, pincel grande, rolinho de espuma de pintar parede. Valem até essas esponjas macias de lavar louça.

Coloque o preparado de cola em garrafa pet ou balde ou pote de sorvete de 2 litros ou qualquer outro recipiente fácil de transportar. O que vale é reaproveitar coisas que você já tenha em casa e que sejam reutilizáveis.

Aí é só botar bastante cola em todas as superfícies. No verso do papel, na superfície onde você vai colar e, depois de aplicado, é bom passar a brocha, rolinho ou esponja por cima do cartaz também. O cartaz fica realmente todo lambido de cola e água. Tem que ficar bem grudadinho.

Leve sempre um pano pra umedecer com água e limpar o excesso de cola do entorno, e eventualmente limpar o chão onde a cola respinga. Esse é um jeito também de evitar sujeira desnecessária.

FullSizeRender

Espalhe por aí

Fotografe, compartilhe nas redes sociais, fale sobre isso, convide seus amigos a lamber a cidade com você, estimule as pessoas a participar de forma criativa em debates de relevância pública!

E divirta-se! Sempre.

Fonte: greenpeace.org

Post author

Enxergar o mundo em primeira pessoa não quer dizer ser egoísta. É ser matuto, velhaco, só acender o cigarro se for pra tragar, nada a ver com molecagem fogo de palha. TRUE LOVE representa o amor próprio da forma mais nua e crua, é canção de marujo bêbado senhor e dono de seu próprio futuro e sorte, risada de pirata, pin-up de pára-choque.

Leave a Reply