NOFX – THE DECLINE versão SINFONICA.! Uma reprodução de uma obra fantástica!

NOFX – THE DECLINE versão SINFONICA.! Uma reprodução de uma obra fantástica!

The Decline é um EP de novembro de 1999 banda NOFX uma banda de PUNK ROCK . A versão em CD consistisse apenas na faixa-título de 18 minutos, mas o vinil incluída uma versão diferente de “Clams Have Feelings Too” (do álbum Pump Up the Valuum) no lado B.

The Decline é em grande parte uma sátira da política e da legislação norte-americanos, com uma preocupação dominante com a comportamentos cegos das massas, como a complacência, a indiferença, a violência armada, o uso de drogas, e de conformidade, bem como a destruição dos direitos constitucionais, e condenação dos direitos religiosos. Embora as letras são um tanto desconexas, todos eles remetem ao tema unificador do “declínio” da América. O trombone é jogado por Lars Nylander de Skankin’ Pickle.

O som é do caralho!!

Contemplem as duas versões!

 

 

E tem a tradução também!

O Declínio

De onde vêm todas as pessoas estúpidas?
E como elas conseguiram ser tão bobas?
Cultivadas nas redondezas da ‘Purple Mountain’
Alimentam ondas âmbares de grãos
Para diminuir os seres humanos, sem sentimentos.

(Culpe a)
natureza humana,
destino do homem
(destino do homem).
Culpe a ganância humana
(ganância humana),
medo de DEUS,
o medo da mudança,
o medo da verdade.

Some a conta dos direitos, subtraia os erros.
(Não há respostas!)
Memorize e cante músicas decoradas com estrelas brilhantes.
(Enquanto as perguntas)
Nunca serão feitas.
Tem alguém aprendendo com o passado?
Estamos vivendo na Estagnação Unida!

Pai, o que eu fiz?
Eu peguei aquele 22
um presente de você pra mim.
Para dormir comigo cada noite
mantive limpo,
bem polido.
Amei cada cartucho, cada bala.

Descendo pelo riacho, debaixo das lenhas, debaixo da sujeira
Há um cadáver do meu segundo assassinato.
Descendo pelo parque, debaixo da pedra, debaixo do pinheiro
há um cadáver do meu irmão William.
Irmão para onde você foi?
Eu juro, eu nunca pensei que poderia.
Eu vejo tantas vezes, eles falaram para atirar imediatamente
Não puxe o gatilho, aperte!
Que garantirá uma morte.
Uma morte é o que você quer
Uma morte é o porque de nós procriarmos.

Os cristãos amam suas armas
a igreja e o NRA.
Rezam pela suas salvações.
Vitimam as fés pequenas.

O livro de estória está sendo lido
e todo linha acreditada.
Currículo está sendo preparado.
Lógica é uma ameaça!
Razões procuradas e apanhadas.

Jerry passou algum tempo em Michigan
Umas férias de 20 anos, depois de tudo ele tem dez centavos.
Dez centavo vale muita coisa em Detroit.
Dez centavos na Califórnia… uma multa de 20 dólares!

Jerry só ficou 2 meses.
É difícil se curtir enquanto está sangrando pela bunda!
Asfixia é simples e rápida,
ela acaba com 17 anos legais sendo a puta de alguns.

Não pense, (fique),
beba seu vinho, (em casa),
assista o fogo queimar, (esteja)
Problemas dele, não meus! (seguro).
Apenas seja aquele cidadão modelo.

Eu queria ter um schilling,
(por cada matança sem noção)
por cada matador sem noção.
Eu compraria um governo.
América está a venda
e você pode conseguir um bom negócio nela
(um bom negócio nela)
e fazer um lucro revigorante.
Ou talvez, chorar.
Começe com a suposição
de que um milhão de pessoas são espertas.
Mais espertas que uma!

A serotonina acabou.
Ela desistiu, foi embora.
Sara fugiu, pensou que o processo tinha acabado.
Ela deixou sua secretária eletrônica ligada.
A saudação deixou faladas sinceras
mensagens que ninguém nunca vai ouvir.

Dez mil mensagens num dia
um milhão a mais de transmissões deixadas de lado,
vítimas do ‘laissez-faire’.
Dez mil vozes, cem armas,
cem decibéis viram uma.
Uma bala, uma cabeça vazia.
Agora com a serotonina esgotada.

O homem que costumava falar
realiza uma rotina bonitinha.
Sente um pouco padronizado.
Não sinta-se mal.
Eles acharam um caminho dentro da sua cabeça
e você se sente um pouco enganado.
Não é isso que eles não se importam

A televisão está colocando um pensamento dentro de sua cabeça
como um ‘jingle’ do Barry Manilow.
Eu gostaria de ensinar o mundo a cantar
em perfeita harmonia, um olhar vazio sinfônico.
Isso não faz você ligar
(faz você ligar).
Não foi projetado para fazer você se importar.
Eles estão apostando que você não vai se importar (você não vai…).

Ponha uma aposta na sua ambição
Uma aposta no seu orgulho
Porque tentar derrotá-los, quando outro milhão já tentou?

Nós somos as vagabundas,
intelectualmente castradas.
Nós somos as bichas,
disfuncionalmente educadas.

Mais uma pílula para acabar a dor.
Mais uma pílula para acabar a dor.
Mais uma pílula para acabar a dor.
Vivendo na conformidade.

Mais uma oração para me manter seguro.
Mais uma oração para nos manter aquecidos.
Mais uma oração para nos manter seguros.
Será um lugar melhor!

Perdeu a batalha, perdeu a guerra.
Perdeu as coisas pelas quais valiam viver.
Perdeu o desejo de ganhar a luta.
Mais uma pílula para acabar a dor.

Na na na na na
Na na na na na
Na na na na na
Na na na na na

A ida ficou difícil, a dificuldade virou dívida.
Não preste atenção, pague o aluguel.
Próximo dos parentes pague pelos seus crimes.
Uma fé pequena deve nos manter seguros.

Salve-nos!
A existência, humana
está falhando, resistência
essencial. O futuro
se apagando. As probabilidades estão
astronomicamente contra nós.
Apenas estúpidos e gênios
gostariam de lutar uma batalha perdida
contra o super-ego,
quando se doar é tão maldito de confortante.

E então nós vamos, indo com nossas vidas.
Nós sabemos a verdade, mas preferimos mentiras.
Mentiras são simples, simples é felicidade.
Por que ir contra a tradição enquanto nós podemos
admitir derrotas, viver no declínio!
Ser a vítima de nosso próprio projeto
O ‘status quo’, construído sob suspeita.
Por que alguém gostaria de arrancar seus pescoços?

Caros membros
do clube “Nós Conseguimos o Nosso”
Eu gostaria de apresentá-los ao nosso anfitrião
Ele conseguiu o dele, e eu consegui o meu.
Conheçam O Declínio.

Nós somos as bichas,
Nos somos as putas
Munição!
Na guerra de classes.
Nós somos trabalhadores
Nos amamos nossa rainha
Nós sacrificamos
Nós estamos à beira do fim

Nós somos as bichas
Nos somos as putas
Munição!
Na guerra de classes.

 

 

Post author

Enxergar o mundo em primeira pessoa não quer dizer ser egoísta. É ser matuto, velhaco, só acender o cigarro se for pra tragar, nada a ver com molecagem fogo de palha. TRUE LOVE representa o amor próprio da forma mais nua e crua, é canção de marujo bêbado senhor e dono de seu próprio futuro e sorte, risada de pirata, pin-up de pára-choque.

Leave a Reply